Untitled Document
css3menu.com

html menu generator by Css3Menu.com

   
 
   

 

 

O que é o Escapulário?

Fonte da Notícia: Pe. Valdivino Guimarães, CSsRDiretor da Academia Marial de Aparecida
Data: 05/08/2016
Postada às: 16:42:31 horas.

Celebramos a festa de Nossa Senhora do Carmo, título mariano de grande voga no Brasil, desta devoção, cada qual de nós temos um pouco. Quando pensamos em Nossa Senhora do Carmo, logo nos vem à mente o escapulário, objeto usado por muitos, principalmente por jovens. Muitos usam por devoção; outros, em vista de proteção divina; não faltam aqueles que o usam como modismo e até como joia, sem saber de seu significado.

Originalmente, o escapulário não tem nada a ver com a devoção à Nossa Senhora. Se buscarmos um bom dicionário de vida religiosa, perceberemos que “escapulário” era uma peça que compunha o hábito monástico, era uma espécie de avental que os monges acrescentavam para proteger suas vestes das sujeiras da lida dos trabalhos manuais no mosteiro e no campo. Muitas congregações ainda hoje tem uma peça no hábito que é uma espécie de escapulário, peça pendente que cai pela frente e trás das vestes. No Carmelo, o escapulário foi adquirindo sentido devocional, mais precisamente no ano de 1251. Diz a tradição que São Simão Stock solicitou a Virgem Maria um sinal de proteção para sua Ordem, uma vez que esta passava por dificuldades e a Virgem o concede este sinal. Muitas congregações em tempos difíceis haviam pedido a Maria um sinal, e ela correspondeu.

A devoção ao escapulário surge a partir de supostas ‘visões’ de S. Simão Stock. Maria teria entregue o escapulário para a Ordem Carmelita e para todos os que a honrassem como Virgem do Monte Carmelo, com a promessa de que todos aqueles que morressem usando tal peça devocional seria protegido do fogo do inferno.

Não é por demais lembrar que é um dos sinais da Igreja e que existe há sete séculos. A Ordem do Carmo o usa como sinal de ligação e de amor a Maria, exprimindo confiança em sua materna proteção e com o objetivo de imitar sua vida e doação a Cristo e aos irmãos.

 

...representa o compromisso de seguir Jesus Cristo e a Virgem Maria.

O escapulário devocional que hoje é usado tem o formato de cordão que é posto ao pescoço, no cordão está contida uma imagem da Virgem do Carmo e outra de Jesus Cristo, esse, representa o compromisso de seguir Jesus Cristo e a Virgem Maria.

Quem pode receber o escapulário? Todo cristão pode receber este sinal devocional. É preciso ter cuidado acurado para catequisar aqueles que receberão este sinal, para evitar que o mesmo jamais seja usado com superstição ou como amuleto.

Quem pode impor o escapulário? Todo sacerdote pode impor o escapulário, desde que seguindo o ritual que é aprovado pela Igreja. Pelo sacerdote é imposto na primeira vez, depois, pode ser substituído por quem o usa por outro.

Orienta-se que o escapulário não seja distribuído sem adequada catequese; não impor sozinho em si mesmo, sem observar a fórmula prescrita e aprovada pela Congregação do Culto Divino, como dito acima, por um sacerdote e até mesmo por religiosos ou leigos devidamente preparados para tal finalidade; não usa-lo como certeza da salvação.

Sobre o escapulário disse o Papa João Paulo II: “Também eu levo sobre meu coração, há tanto tempo, o Escapulário do Carmo! Pelo amor que nutro para com a celeste Mãe comum, cuja proteção experimento continuamente...”

Nossa Senhora do Carmo, rogai por todos nós!

 

Pe. Valdivino Guimarães, CSsRDiretor da Academia Marial de Aparecida


 


Mais Artigos

   
 

 

 

 
Santuário Nossa Senhora Aparecida - Arapongas
     
 
 
     
 
Santuário Nossa Senhora Aparecida
2014 - Todos os direitos reservados
(43) 3252-0324
 
 
 
 
Facebook Santuário